terça-feira, 13 de março de 2012

Sou um pouco de tudo, afinal, sou mulher, caleidoscópica, às vezes monocromática, às vezes todas as cores, sensível, ponderada, intensa, às vezes chorona, noutras, piadista, falante, calada, não sou de um único jeito, sou como as estações do ano, só que às vezes todas no mesmo dia, sou flor, mas sei que há momentos que sou espinho, sou a leveza no voar da borboleta, às vezes, nuvem carregada, sou Sol, sou Lua, sou o frescor da chuva ou a força da tempestade. Sou além da dualidade. Sou como sou, enfim, aprendi a seguir o meu coração...
Autoria de ValériaC

3 comentários:

Marcia disse...

Lindo esse texto da ValeriaC, bjos !

Multiolhares disse...

Pois é amiga vivemos a dualidade deste mundo de formas
bjs

ValériaC disse...

Minha querida, grata pela bondade, pela amizade em ter colocado minhas palavras por aqui, neste seu espaço, que adoro, acho um verdadeiro mimo.
Beijos,
Valéria