sexta-feira, 11 de janeiro de 2013


Precisamos das outras pessoas não apenas para permanecermos vivos, mas para nos sentirmos totalmente humanos: carinhosos, engraçados, brincalhões e generosos. Quão genuína será a minha capacidade de amar se eu não tiver com quem compartilhar uma risada, uma delicadeza ou mesmo meus sonhos?
Posso amar uma ideia ou uma visão, mas não posso tocá-la. Se minhas imperfeições não puderem ser perdoadas, se eu não tiver a quem dizer o indizível, então não sou humano. Sou uma coisa, um objeto em movimento, mas sem harmonia.

3 comentários:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Como é bom eim Maria José, compartilhar e partilhar bons sentimentos, amei a reflexão, bjs

Denise disse...

Não nascemos para uma vida em reclusão, que nos exclua parcial ou completamente do mundo que nos envolve...somos gregários por natureza, existimos na relação com o outro...linda reflexão...tomo emprestada para compartilhar com amigos, sem os quais, nada seria...

Beijo, uma semana gostosa pra vc!

Juliana Eilert disse...

this very beautiful post smart, impactful thanks.
dicas automotivas e muita manutenção de carros e automovel Confira em nosso site e saiba mais sobre as dicas e ofertas para ar condicionado automotivo esforço exercido pelo condutor e proporcionando maior precisãodurante as manobras. Este sistema reduz consideravelmente o giro do volante Veja também visite nosso site sobre direção hidráulica direção para seu carro caixa de direção oferta e desconto centro automotivo