quarta-feira, 1 de maio de 2013


Um comentário:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Adorei!Gosto de falar baixo, como educadora que sempre fui, falava sempre no mesmo tom, gritar não significa razão nunca.
Bela reflexão querida, grande abraço e lindo dia.